F1 – Brawn: DRS pode permanecer em 2021

Ross Brawn

Enquanto o conceito da F1 revelado para os fãs pode ser um pouco mais rápido, encorajar os jovens a buscar uma carreira em engenharia e crianças a colocarem cartazes em suas paredes, o chefe técnico do esporte, Ross Brawn, admitiu que um dos dispositivos mais odiados e artificiais introduzidos no esporte nos últimos anos ainda pode permanecer.

Como fãs e pilotos, Ross Brawn admitiu anteriormente que não gosta da “corrida” artificial que o DRS oferece, mas como o esporte continua a buscar uma solução para sua ultrapassagem – ou falta dela – ele revelou que ainda pode ser parte do pacote, apesar das várias alterações regulamentares em consideração.

“Acho que podemos guardar isso no bolso”, disse ele a repórteres em Cingapura. “Eu gostaria de pensar que poderíamos chegar a um estágio em que o DRS não se torne tão crítico. Mas é uma coisa muito fácil de se ter ou não se os carros forem capazes de lutar uns com os outros”.

“Ultrapassar é a culminação, é claro, mas ter uma grande batalha é fundamental, e onde você tem carros que não podem seguir um ao outro consistentemente porque os pneus se degradam e por causa da perda de desempenho, então você não tem grandes batalhas. Você pode ter uma grande batalha onde o cara que lidera ainda lidera no final, mas você teve uma grande batalha”, explicou.

“Fizemos um esforço para nos certificarmos de distinguir a diferença entre as ultrapassagens e as corridas”, insistiu ele. “Muitas vezes as corridas culminam em ultrapassagens. Em Monza vi algumas estatísticas no outro dia e cerca de metade das ultrapassagens foram com DRS, e metade sem. Então houve muita ação, mas é uma pista única a esse respeito. Precisamos mais pistas onde os carros podem lutar”, completou.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP de Cingapura da Formula 1!

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.