F1 – Binotto: Equipes de ponta manterão vantagem em 2021

Mattia Binotto

Mattia Binotto avisou que o regulamento de 2021 acabará sendo “vantajoso” para as equipes grandes.

Quando as novas regras finalmente foram reveladas na quinta-feira, a Fórmula 1 declarou que elas proporcionarão “uma competição mais equilibrada” na qual o sucesso dependerá “do quão bem uma equipe gasta seu dinheiro, e não de quanto ela gasta”.

Até a divulgação, as três equipes de ponta eram contra as regras. Porém, soube-se que a Ferrari votou a favor delas no Conselho Mundial de Automobilismo. Binotto as classificou como um “bom conjunto de regras” que agora precisam de ajustes.

No entanto, ele também disse: “Primeiramente, acho que nós temos a vantagem de poder gastar mais. Nós tínhamos no ano passado, temos neste ano e teremos no próximo”.

Binotto está se referindo à tentativa de algumas equipes de adiar as regras de 2021 até 2022 a fim de que os gastos possam ser restringidos pelo teto orçamentário. Na situação atual, as equipes de ponta poderão construir seus carros de 2021 sem as limitações do teto no próximo ano.

“Acredito que quando você está falando de um regulamento completamente diferente, será uma vantagem para as equipes grandes. Tenho quase certeza que nós ainda teremos diferenças muito grandes em 2021”, afirmou Binotto.

Ele admite que as coisas mudarão a partir de 2021, quando os orçamentos e números de funcionários das equipes de ponta serão obrigatoriamente menores por causa do teto orçamentário.

“Será bastante duro reduzir tudo a partir de 2021”, disse Binotto. “Na Itália, nós temos leis um pouco diferentes em relação aos empregados, portanto a redução não será fácil para nós”.

Clique AQUI para apostar no GP dos EUA

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.