F1 – Binotto: Canadá não é a última esperança da Ferrari

Ferrari

Mattia Binotto diz que a Ferrari está trabalhando em um plano para alcançar a Mercedes.

Sebastian Vettel conseguiu quebrar a sequência de dobradinhas da Mercedes em Mônaco, mas na verdade foi Max Verstappen, da Red Bull, que lutou roda a roda pela vitória com Lewis Hamilton.

A diferença entre Vettel, o piloto da Ferrari melhor colocado, e Hamilton agora é de 55 pontos. Portanto, poderia ser dito que o Canadá em duas semanas, onde o potente motor Ferrari deverá ser forte, é a última chance da Mercedes ser desafiada na luta pelo título.

“A corrida no Canadá não é a última desta temporada”, declarou Binotto, chefe da equipe. “É necessário melhorar a cada GP. Nós desenvolvemos um programa que vai resolver os problemas que surgiram neste ano. Esse trabalho duro está em andamento em Maranello”.

Entretanto, ele admitiu que não haverá solução mágica.

“Os carros serão os mesmos de Mônaco, a única coisa que podemos fazer é nos preparar da melhor maneira possível. Como eu disse, esta não foi a última prova da temporada. Creio que estaremos em melhor forma no Canadá do que em Barcelona, mas por enquanto a Mercedes é a mais forte e tem o melhor carro”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.