F1 – Bater os recordes de Michael não será fácil para Hamilton

Michael Schumacher e Lewis Hamilton

Não será fácil para Lewis Hamilton quebrar o recorde de sete campeonatos mundiais de Michael Schumacher. Essa é a visão do irmão de Michael, Ralf, que também correu na F1.

Hamilton venceu seu quinto campeonato mundial no ano passado, e agora muitos esperam que ele desaloje Schumacher como o piloto de maior sucesso de todos os tempos. “A Fórmula 1 sempre foi caracterizada por equipes e caras que fizeram um ótimo trabalho em sua época”, disse Ralf Schumacher à agência de notícias DPA.

“O que Michael fez foi extraordinário e sempre será extraordinário. Mesmo se Lewis quebrar os recordes, isso não muda. Mas ele tem que fazer isso primeiro. Dois títulos, ainda está muito longe. Especialmente se a Ferrari fizer o trabalho direito e a Red Bull estiver lá também, não será fácil para ele”, acrescentou.

Ralf acredita que Ferrari e Sebastian Vettel serão fortes em 2019. “Tudo o que ele queria da Ferrari, ele agora ganha, o que é muito importante para um piloto”, explicou ele. “Esse foi o maior erro que eles cometeram antes”.

“Sebastian sempre mostrou que se o pacote se encaixa, ele pode tirar o máximo proveito dele. Pode ser que ele tenha um pouco de pressão de seu novo companheiro de equipe, mas isso pode ajudar a situação também”, comentou, referindo-se a Charles Leclerc. “Se você tem dois caras rápidos, você costuma ir mais rápido na direção certa”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.