F1 – Arnoux: Batalhas épicas não são mais permitidas

Villeneuve X Arnoux em 1979

René Arnoux diz que, segundo as regras da F1 de hoje, ocorreria “prisão” após uma das batalhas mais épicas e lendárias roda a roda do esporte. Em Dijón, em 1979, o piloto francês tocou rodas várias vezes com Gilles Villeneuve numa batalha que agora faz parte do folclore da Fórmula 1.

“Esse tipo de corrida já não tem lugar, obviamente”, disse Arnoux, agora com 70 anos, ao Le Journal de Montreal. “Hoje não seria possível. Você seria preso por esse tipo de comportamento”.

“Hoje em dia, eles não são duros uns com os outros e ficam sob investigação. Se você olhar para o que fizemos, nos tocamos sete vezes. A prisão estaria à nossa espera no final do dia”, sorriu ele.

Os comentários de Arnoux vêm no meio de um momento intenso de busca de alma para a F1 moderna, com penalidades e corridas tediosas abundantes e uma Mercedes totalmente dominante.

“A F1 se tornou um campeonato mundial de fabricantes, não de pilotos”, comentou ele. “Eu prefiro assistir corridas de moto agora. Hoje é o negócio da Mercedes e da Ferrari”.

“No meu tempo, podíamos começar do oitavo lugar e ainda ter esperança de vencer. Isso não é mais o caso”, acrescentou Arnoux.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.