F1 – Análise mostra redução no número de pit-stops em 2012

F112-mclaren-europa-valencia-pit-stop350A Pirelli continua no centro do espetáculo da Fórmula 1, mas uma nova análise prova que os pneus da marca estão menos frágeis em 2012 do que no ano passado.

A Auto Motor und Sport da Alemanha afirmou que, após o furor dos pit-stops na primeira temporada do retorno da fornecedora italiana ao grid, tem havido “muito menos” degradação dos pneus até agora em 2012.

Em 2010, o último ano da Bridgestone na Fórmula 1, a análise disse que houve entre um e dois pit-stops por piloto – 304 no total nas nove primeiras etapas. Esse número saltou para 560 paradas nas nove primeiras provas de 2011, mas até agora nesta temporada, foram realizados apenas 466 pit-stops.

Uma ilustração da mudança da situação é que, em 2011, houve 65 pit-stops para troca de pneus em Valencia. Neste ano, apenas 49. E, em Silverstone no ano passado, houve 54 paradas, contra 43 na corrida de 2012.

A situação poderá mudar novamente, com a Pirelli já testando um novo composto experimental mais duro que Paul Hembery disse que “poderá ser usado no futuro”. O jornalista Michael Schmidt declarou: “A razão para a redução de pit-stops é óbvia – as equipes e a Pirelli aprenderam”.

LS – www.autoracing.com.br 

 

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.