Ericsson não tem pressa de voltar para a F1

Marcus Ericsson

Marcus Ericsson diz que não tem pressa de voltar ao grid da Fórmula 1. O sueco perdeu o seu lugar na Sauber no final do ano passado, mas manteve a ligação com a equipe mantendo-se como reserva da Alfa Romeo.

Ericsson regressou ao volante do carro para o teste pós-GP da Áustria. Mas o piloto de 28 anos corre agora na Fórmula Indy, e diz que pretende ficar na América em 2020.

“De momento, vejo-me continuando nos EUA”, disse à revista francesa Auto Hebdo. “Estou me divertindo e começando a compreender os meandros da pilotagem na F-Indy”, acrescentou Ericsson.

“Eu adoraria ficar e ver o que posso fazer com mais experiência. Então eu estou buscando assinar um contrato lá para 2020. Depois disso, nunca mais fecho a porta”, explicou ele.

Ericsson disse recentemente que o desempenho de um Indycar não pode competir com a F1, mas de uma perspectiva de corrida, ele diz que os monopostos americanos são melhores. “Em cada corrida, sei que tenho a chance de lutar na frente”, declarou ele agora à Auto Hebdo.

“É difícil, claro, porque há muitos bons pilotos, mas pelo menos nunca tenho a sensação de que não há hipótese. Quando estive na F1, não acredito que tive a mesma sensação mais de uma vez”, concluiu Ericsson.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.