Equipes elogiam o sucesso das regras de 2011

sepang_2011
As novas regras da Fórmula 1 em 2011 – com a introdução das asas traseiras móveis, o retorno do KERS e a mudança para os pneus Pirelli – ajudaram a melhorar bastante o espetáculo, de acordo com personagens importantes da categoria.

O chefe da equipe Renault, Eric Boullier, declarou ao site Autosport: “Acho que está bom. Creio que, se você é um competidor de verdade, e eu me considero um, gosta quando ambos os carros estão no limite, até mesmo com as laterais se tocando um pouco”.

“O DRS foi algo efetivo a ser implementado em termos de custos, e em alguns circuitos, como na Austrália, não vai funcionar, mas quando você tem uma reta longa o suficiente como na Malásia ou na China, funcionará muito bem”.

O chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, disse: “Suspeito que, analisando o GP da Malásia, não foi uma corrida ruim, e acredito que a situação dos pneus e dos carros na pista tentando preservá-los em diferentes estágios da degradação melhora o espetáculo”.

“A Pirelli teve de entrar na categoria com muito pouco teste, e precisamos parabenizá-los pelo que fizeram. Pilotos individuais podem reclamar de jogos de pneus individuais, mas o fato é que tivemos pneus seguros que produziram um certo desafio para as equipes e são melhores para o espetáculo”.

O chefe da Red Bull, Christian Horner, avalia que as novas regras dificultaram muito a vida das equipes – graças às permutações estratégicas – e abriram novas áreas de interesse para os fãs.

“Certamente, é complicado no pitwall”, afirmou ele. “Seria o pesadelo dos controladores de tráfego aéreo se você escutasse o canal das estratégias – porque está tentando descobrir onde vai voltar, qual é a degradação e qual pneu deve usar nos dois carros. O ritmo de trabalho é colossal. Acrescenta uma dimensão emocionante e outro elemento à corrida”.

Ao ser questionado se acha que ficou complicado demais acompanhar as corridas, ele respondeu: “Não sou a pessoa certa para comentar isso, porque você fica tão concentrado em sua própria corrida que não a vê como um todo”.

“Eu teria de assisti-la novamente para ver como foi, mas tivemos disputas. Alonso e Hamilton lutando roda a roda e Mark tendo uma primeira volta ruim e se recuperando. Portanto, isso é positivo para a Fórmula 1 no que poderia ter sido uma prova bastante parada. Acredito que é positivo, e acho que vai demorar algumas etapas para que um padrão surja”.

O chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, acrescentou: “Do ponto de vista do espetáculo, as pessoas gostam de ver a asa se abrindo e fechando, os pilotos se aproximando e então lutando. É um fato e temos de conviver com isso”.

“Mas, com certeza, não é fácil para o público entender o que está acontecendo, porque também é difícil para a equipe, mas as coisas são assim. Creio que faz parte do jogo neste ano, precisamos considerar isso e não podemos utilizar como desculpa”.

Fernando Alonso afirmou que as corridas também foram mais emocionantes do ponto de vista do piloto – e que a nova Fórmula 1 os obrigou a andar no limite o tempo todo.

“Em uma parte da prova, eu estava em segundo ou terceiro – ultrapassei Jenson, e em uma parte diferente da corrida, Jenson estava inclusive à frente de Lewis, e eu estava lutando com Webber – que fez quatro paradas. Não é tão fácil saber o que está acontecendo. Você perde contato visual e não sabe mais qual estratégia eles estão adotando”.

“Portanto, você tenta fazer sua própria corrida, sabendo que está em segundo ou terceiro em alguns momentos, mas não significa que esteja realmente nessa posição, porque, se tiver uma estratégia diferente no último stint, pode acabar em quinto ou sexto”.

“Então, você precisa continuar forçando e também preservando os pneus ao mesmo tempo. A prova é muito longa. No ano passado, depois da primeira parada, a corrida estava mais ou menos terminada, neste ano você não sabe até as últimas quatro ou cinco voltas, e isso é interessante”.

LS – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.