Copa Montana – Paranaense Diogo Pachenki pode garantir título em casa

A definição da Copa Chevrolet Montana, divisão de acesso da Stock Car, será uma das atrações do próximo final de semana (dias 4 e 5 de dezembro) em Curitiba. Com equipes fortes, pilotos competentes e um equilíbrio muito grande, a divisão tem tudo para levantar o público paranaense no fim de semana e, especialmente, em sua nona e última etapa, marcada para o domingo, dia 5. Os fãs locais, aliás, têm um motivo extra para torcer, já que o líder da competição correrá “em casa”. O paranaense de Cascavel Diogo Pachenki está muito próximo de conquistar o título da Copa Chevrolet Montana, precisando apenas do segundo lugar para carimbar a faixa em seu estado.

Os dez mais bem colocados após oito etapas são os seguintes: 1º) Diogo Pachenki, 107; 2º) Eduardo Leite, 97; 3º) Rafael Daniel, 93; 4º) Douglas Soares, 87; 5º) Wellington Justino, 76; 6º) Sérgio Jimenez, 74; 7º) Lucas Finger, 73; 8º) Galid Osman, 71; 9º) Gustavo Sondermann, 44; 10º) João Pretto, 37. Vale lembrar que os dois piores resultados deverão ser descartados ao final da competição para a definição do campeão de 2010.

Campeão da Stock Car Light em 2004 e com passagem pela divisão principal, Diogo Pachenki, da equipe Nascar Motorsport, está acostumado aos momentos decisivos. Por isso, ele se diz tranquilo com essa situação. “As expectativas são boas. Alcançar a liderança na reta final de um campeonato tão disputado é sempre bom e até uma pequena vantagem. Estou tranquilo e confiante no trabalho que tem sido feito, e aposto em um resultado positivo em Curitiba”, declara o piloto, que soma 107 pontos contra 97 do segundo colocado, Eduardo Leite, da Hot Car Racing.

O paranaense depende de si próprio para conquistar o título da primeira temporada da Copa Chevrolet Montana e diz que sua meta é chegar ao pódio. “Eu preciso apenas do segundo lugar para ser campeão e vou trabalhar para isso. Se eu repetir o desempenho da primeira prova em Curitiba ficarei com o título. Estou otimista”, enfatiza o paranaense, de 27 anos.

Apesar da confiança, Pachenki destaca o equilíbrio da competição e o alto nível dos concorrentes. “Nessa briga pelo título, temos pilotos bons e experientes e não vai ser nada fácil. Na primeira corrida lá, o Eduardo Leite e Rafael Daniel andaram bem, eu também tive um bom desempenho e conquistei o segundo lugar. O Rafael ficou em terceiro e o Edu só não chegou porque teve problemas. Isso faz prever uma corrida bastante disputada, já que nós três queremos o campeonato. E não dá para dizer o que vai acontecer”, salienta.

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.