Chefe da Mercedes nega que irá substituir CEO da F1

Toto Wolff

Toto Wolff rechaçou especulação de que ele está mirando o cargo de Chase Carey no topo da Fórmula 1. Relatos desta semana disseram que o chefe da Mercedes estava se preparando para substituir Carey como CEO da F1, mesmo que a Ferrari aparentemente pudesse vetar esse movimento.

Mas quando perguntado sobre a especulação em Barcelona, Wolff negou que esteja pensando em substituir Carey. “Eu não poderia levar o meu trabalho a sério se eu participasse dessa especulação”, disse ele ao jornal Kronen Zeitung.

“Um jornalista escreveu uma história engraçada que está cheia de especulação”, acrescentou Wolff. “Mas ainda estou na Mercedes há muito tempo e tenho uma grande tarefa para liderar esta equipe. É divertido e não é algo que eu queira mudar”.

Wolff negou que os rumores da sua saída da Mercedes pudessem ser alimentados pela chegada iminente de Ola Kallenius como novo CEO da Daimler. Ele insiste que Kallenius tem “a Fórmula 1 no coração”, mesmo que ele tenha dito que quer que as marcas Daimler mostrem uma imagem mais verde.

“Nós geramos uma enorme quantidade de mídia, então ninguém questiona isso”, declarou Wolff quando perguntado se a Mercedes poderia estar pensando em se afastar da Fórmula 1.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.