Capacetes da F1 ganham reforço na região da viseira

188995_1905762290442_1433333137_32216475_3250210_nUma “pala” feita em Zylon foi introduzida na parte superior das viseiras de alguns capacetes utilizados pelos pilotos da Formula 1, com o objetivo de aumentar a segurança.

O aparato foi introduzido com a intenção de minimizar as consequências de acidentes como o sofrido pelo brasileiro Felipe Massa, na Hungria em 2009, quando uma mola solta da Brawn de Rubens Barrichello acertou área próxima da viseira do capacete de Massa, causando graves consequências ao piloto da Ferrari.

A pala de Zylon é instalada em uma área onde fica 25 milímetros acima da viseira, oferecendo proteção extra ao piloto sem atrapalhar o seu campo de visão. A peça lembra um pouco as antigas “palas quebra-sol” utilizadas nos capacetes de muitos pilotos da categoria máxima do automobilismo mundial nos anos 70.

“Em testes, observamos que o Zylon seria melhor aplicado para esta finalidade do que a fibra de carbono”, revelou Andy Mellor, conselheiro técnico do instituto de segurança da FIA. “Este material possui melhor absorção de impacto para este fim. Acrescentamos um peso de 70 gramas à viseira, mas com certeza dobramos a sua resistência”, afirmou o profissional.

A novidade por enquanto só voi vista nos capacetes da marca norte-americana Bell. Lembrando que no momento são três os fábricas de capacetes que atualmente fornecem cascos para os pilotos da Formula 1: A japonesa Arai, a alemã Schubert e a já citada norte-americana Bell.

FH – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.