Brawn: F1 deveria considerar novos motores para 2020

Ross Brawn

Ross Brawn

Ross Brawn admitiu que a Fórmula 1 deveria considerar uma mudança radical em seu regulamento dos motores para 2020.

O britânico disse que a categoria quis se alinhar com o rumo mais ecológico dos carros de rua há alguns anos, mas 2020 pode ser uma chance de se diferenciar novamente da indústria.

“Se isso não acontecer, a lógica afirma que deveríamos ter carros de F1 elétricos ou de célula a combustível daqui a alguns anos”, declarou ele à revista Auto da FIA.

“Temos a Fórmula E estabelecendo seu lugar, mas para mim a F1 não é só uma demonstração tecnológica, é um circo inteiro, e qual é a melhor maneira de manter isso?” acrescentou Brawn.

“Pode ser hora de dizer ‘tivemos esta maravilha tecnológica, mas vamos voltar atrás e pensar no que a F1 quer de um motor, que talvez precise conter algumas tecnologias relevantes'”.

“Entretanto, no final do próximo ano a F1 precisa saber de que tipo de motor ela precisa para o futuro”, concluiu Brawn.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.