Brasil retorna ao calendário da MotoGP em 2022

Projeto do Autódromo em Deodoro – Rio de Janeiro

A Dorna Sports anunciou um contrato de cinco anos com o novo circuito Rio Motorpark para trazer a MotoGP de volta ao Brasil pela primeira vez desde 2004 em 2022.

A Dorna, promotora da MotoGP, e os organizadores brasileiros fecharam um acordo preliminar no ano passado para trazer a categoria de volta ao país em um novo circuito.

O contrato de cinco anos significa que o primeiro GP do Brasil em quase duas décadas será realizado na pista de 4.5 km e 13 curvas do Rio Motorpark, cuja construção deverá ser concluída em 2021.

“Estou muito orgulhoso por anunciar que a MotoGP voltará a correr no Rio de Janeiro, uma das cidades realmente icônicas do mundo em um país tão incrível”, declarou Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna.

“O Brasil é um mercado importante para motocicletas, corridas de moto e esportes a motor, com uma história para se orgulhar – e um futuro que me deixa empolgado ao ver a MotoGP tendo um papel tão vital quando retornarmos em 2022”.

Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, acrescentou: “A notícia de que nós já temos uma primeira competição confirmada para a nova pista do Rio, a MotoGP, confirmada para 2022, representa um grande avanço para nossa cidade”.

“A construção da pista de Deodoro é um projeto espetacular com um investimento extraordinário que vai gerar 7000 empregos e fazer o Rio recuperar o papel principal nas grandes competições”.

“Nós levaremos o desenvolvimento a uma região da cidade com muitas necessidades, a zona oeste, e vamos estimular o turismo. Tudo isso sem a cidade gastar um centavo no projeto, já que todo o investimento será de responsabilidade da concessionária”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.