Atual fornecedora duvida que F1 volte a ter guerra de pneus

Pneus da Fórmula 1

A Fórmula 1 provavelmente não apresentará uma batalha de desenvolvimento entre várias empresas de pneus, acredita Mario Isola da Pirelli, devido aos custos elevados e à disparidade de desempenho que ela criaria.

A Fórmula 1 mais recentemente teve competição entre duas fabricantes de pneus de 2001 a 2006: Michelin contra Bridgestone. A saída da Michelin no final de 2006 deixou a Bridgestone como única fornecedora, tendo a Pirelli assumido o contrato da empresa japonesa antes de 2011.

O acordo atual da Pirelli como fornecedora exclusiva da Fórmula 1 é válido até 2019, e Isola não espera que uma segunda fabricante entre, citando dois motivos principais. “No momento, fornecemos o mesmo produto a todas as equipes”, disse Isola, depois de ter dito que “não pensa” que uma guerra de pneus acontecerá de novo na Fórmula 1.

“Isso significa que colocamos todas as equipes no mesmo nível, falando sobre pneus. Se você falar na situação de competição aberta, algo que aconteceu no passado, você aumenta os custos com certeza, porque você precisa testar”, explicou ele.

“Você terá as melhores equipes com um produto melhor em comparação com as de meio do grid ou as equipes inferiores, neste momento você não tem nenhuma obrigação de fornecer os mesmos pneus a todos. (Portanto) você cria um grande diferencial entre as melhores equipes e as outras”, comparou.

“Talvez com duas ou três fabricantes de pneus você possa ter um par de equipes lutando no topo, mas o resto estará lutando com o desempenho. Porque com os pneus você pode encontrar facilmente meio segundo por volta ou mais, então você gera uma diferença maior em comparação com agora”, concluiu Isola.

A época atual é a mais longa no histórico da Fórmula 1 a apresentar uma única fornecedora de pneus, com o período de 1992-96, quando a Goodyear foi a único fabricante, sendo a anterior.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.